Como escolher o nome da sua empresa ou negócio

O nome é o ativo mais valioso e durável da sua empresa. É através dele que as pessoas irão lembrar, consumir e indicar as soluções que você oferece ao seu público, então, muita atenção, carinho, cuidado e técnica na hora de buscar a melhor opção para representar seu empreendimento por um longo tempo. 

A gente entende que criar algo tão vital para o nosso negócio é complicado e pode ser estressante, então preparamos algumas dicas e conhecimentos que podem te ajudar nessa empreitada.

O primeiro passo para criar um bom nome é pensar no posicionamento da sua marca e isso deve ser feito colocando o seu cliente em foco. Aqui estão algumas perguntas para que você possa começar:

  1.  Quem eu sou e o que eu faço?

  2. Como eu resolvo o problema dos meus clientes?

  3. Como eu quero que as pessoas percebam a minha marca?

  4. O que eu quero que as pessoas falem sobre a minha empresa?

  5. Como eu resolvo o problema do meu cliente de maneira única?

  6. Por qual motivo uma pessoa deve escolher a minha empresa e não uma concorrente?

  7. Como eu pretendo me relacionar com meus clientes?

Projeto de Naming para a Harmê, Clínica Orofacial.

Respondendo cada uma dessas perguntas você terá uma compreensão mais ampla do impacto que o seu negócio tem na vida dos clientes e poderá iniciar a criação de opções de nomes adequados à sua proposta. A partir disso, você também poderá modelar a experiência do usuário de uma maneira mais consistente e assertiva.

Vamos ao nome. Essa palavra tão pequena não é capaz de transmitir todo o seu posicionamento e o que a sua empresa faz, então acreditamos que um bom nome deva ser de fácil lembrança e que desperte orgulho. Comece fazendo listas de palavras que transmitam essas sensações sem se preocupar com o resultado final, amplie essa lista a partir da lista inicial buscando novas associações livres, busque sinônimos para essas palavras, traduções em outras línguas e monte o seu primeiro brainstorm (tempestade de ideias na tradução literal) sem se preocupar tanto com as palavras em si.

A partir desse grande brainstorm , você pode começar a marcar as palavras que são interessantes como opção ou como base conceitual para nova pesquisa. Nessa etapa é importante que você divida as palavras que são ideias de conceito para elaborar novas listas a partir de cada um desses conceitos.

Nuvem de Palavras para Harmê, Clínica Orofacial.

Cada linha conceitual pode desencadear em listas cada vez mais diversificadas de opções e, a partir de cada uma delas, você deve marcar as ideias que atendem às suas expectativas e aos requisitos da empresa.

Quando temos várias opções interessantes, iniciamos a validação dos resultados. Tenha em mente o seu posicionamento, área de atuação e público-alvo, assim fica mais fácil riscar nomes que não atendem às necessidades do projeto. Aqui na oitozerooito costumamos levar em consideração o peso das palavras, sonoridade, facilidade de leitura e replicação e a viabilidade de registro no INPI

Peso das palavras

É importante que o nome da sua empresa represente bem o seu posicionamento e soe como deveria.
Palavras com mais letras O, bem como o uso de ÃO, tornam a palavra mais densa, pesada, grande, imponente. 

Ex: oração, mordomo, colapso.

Palavras com mais letras E’s e I’s deixam o som mais leve, com sensação de diminutivo, mais carinhosas. 

Ex: redemoinho, Bergantim, visibilidade.

Projeto de Naming para Sa.Vi Medicina, nome curto e sonoro.

Sonoridade

A sonoridade das palavras é muito subjetiva, e isso significa que cada pessoa interpreta à sua maneira. Nesse quesito, nós solicitamos ao cliente que pronuncie várias vezes e em vários contextos para que se sinta à vontade com o som.

INPI

Uma das etapas que mais derruba opções é a viabilidade de registro no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), que é o órgão que regula o registro de marcas e propriedade intelectual. De nada adianta criarmos opções maravilhosas, mas que não podem ser utilizadas por pertencerem a outras empresas. A pesquisa de viabilidade pode ser feita por conta própria, mas indicamos que você busque auxílio profissional nesta etapa para não ser surpreendido no futuro. É muito triste quando todo o investimento financeiro é em vão e o projeto de naming, identidade e todo o material produzido precisa ser refeito por conta de uma validação mal feita.

Criar e se acostumar com o som do nome da sua empresa é uma tarefa bem difícil e deve ser encarada com muita seriedade. Nossos projetos de criação de nome são vendidos por conta das opções, mas também pelo processo conceitual, então apresentamos até 2 rounds de opções com 3 a 5 opções válidas por round. Muitas das melhores opções não são apresentadas porque tem sua viabilidade testada no INPI previamente.

Tela de apresentação de Rond 1 de opções para Vereda Vardê.

A cada apresentação, pedimos aos clientes para testar a sonoridade e eu costumo indicar que eles façam isso através do teste do telefone, simulando uma ligação: 

“oitozerooito, bom dia!” 

Fazendo esse simples teste a gente consegue perceber se essa palavra nos desperta orgulho, se está adequada ao contexto e se nos sentimos à vontade com ela. 

Pensando em ajudar as pessoas e entregar mais ferramentas para a criação de namings criamos um conteúdo em vídeo para a plataforma do Skillshare onde milhares de profissionais compartilham seus conhecimentos específicos. O curso é bem rápido e pode trazer insights ótimos pra você. O melhor é que você pode assistir o curso no período grátis da plataforma através do link.

Se você está tendo dificuldade para criar o seu nome não se sinta mal, esse é um dos pontos de contato mais complicados e muita gente passa por esse perrengue. Se você já tentou de tudo e ainda não conseguiu, entre em contato conosco para fazermos um orçamento e, assim, te ajudarmos a vencer essa etapa de maneira satisfatória e adequada ao seu posicionamento, à sua empresa e ao seu público.